Dramaphones – Temporal


Gravado de Janeiro a Maio de 2011, em Rio do Sul, pelos próprios integrantes da banda Dramaphones, Temporal tem um número incomum para produções locais: 15 faixas. É o quinto trabalho da banda, que agora conta também com a distribuição digital do recém lançado selo Válvula Discos, do postal Válvula Rock.

Um ótimo trabalho, que merece audição com atenção. Destaque para a divertida “Mulher Barbada”. Twitter da banda: @dramaphones

BAIXE AQUI!

Variantes

Variantes - Chapecó | Foto: Divulgação

“Em ‘Com Prazer’ a banda Variantes foge justamente dos clichês, e se refugia em uma sonoridade que não nega as influências dos clássicos de cinco décadas atrás, mas se apóia em instrumentos diferentes para construir um trabalho homogêneo, criativo e com ar de novidade.

O resultado é uma audição agradável, com boas tacadas como no primeiro single lançado, ‘Eu Quero Tudo’, que cativa o ouvinte pela forma como chega sem alarde e explode em um refrão para ser cantado em coro” por Anderson Davi. OUÇA AQUI!

Com Prazer – (cd – 2010)  – BAIXE AQUI

Lenzi Brothers

Lenzi Brothers - Balneário Camboriú | Foto: Divulgação

Em 2009 os Lenzi Brothers foram a banda escolhida no reality show “MTV Procura com Cachorro Grande” quando o programa percorreu os 3 estados do sul passando por 10 cidades e interagindo com 17 bandas.

Os irmãos Matheus (bateria e voz), Samuel Lenzi (baixo e voz) e Marzio Lenzi (voz e Guitarra) iniciaram a banda em 1996 logo após se mudarem com a família de Lages na Serra Catarinense para Balneário Camboriú no litoral. No início foram os covers, depois demos e hoje estão lançando o quarto disco. Twitter da banda: @lenzibrothers
OUÇA AQUI!

DOWNLOADS 

Fora de Estoque (cd – 2010) – BAIXE AQUI

Trio (cd – 2008) – BAIXE AQUI

Qualquer Cor (cd – 2005) – BAIXE AQUI

Grilo Verde (cd – 2002) – BAIXE AQUI

 


 



Serotonina – Silence

Silence - Serotonina

Silence é o EP negro do Serotonina, o quinto produzido pela banda e o segundo com Mari Lapolli cantando. Produzido, gravado e mixado em casa, pelos próprios integrantes, Silence foi ao ar dia 24/05/2011.

Ele se chamaria Streetlights, seria um Full Length e teria uma capa colorida e cheia de luzes, porém, após vários problemas internos, virou um EP e se tornou o Black Album da banda. A fórmula é a mesma de sempre: Bateria eletrônica, synths, guitarra distorcida, baixo marcante e vocal doce, mas para quem está acostumado ao Solar Flares o novo EP pode ter algumas surpresas.

Silence (ep – 2011) – BAIXE AQUI! 

Vince

Vince - Rio do Sul | Foto: Paulo Moser

Criada em 2007, na cidade de Rio do Sul, a banda é formada atualmente por Grazus Cunha (Voz), Geo Diego (Guitarra/Voz), Ramon Testoni (Baixo/Voz) e Luc Parizotto (Bateria). Em 2009 lançam seu segundo disco, intitulado de “Vazio & Sem Cores”, que foi eleito entre as “Cinco Melhores Demos de 2009” pela premiação mais importante do cenário independente de música, o site Zonapunk.

Um autêntico álbum de hardcore melódico, com pegadas certeiras de rock alternativo, no qual foram reunidas letras bem construídas e canções vigorosas, com potencial para conquistar os ouvidos mais exigentes. Incluí nesse novo trabalho o single “Nossa Vez”, primeiro hit do disco, que virou faixa em alta rotação nas rádios. OUÇA AQUI!

Vazio & Sem Cores (ep – 2009) – BAIXE AQUI

Twitter da banda: @vinceoficial

Marujo Cogumelo

Marujo Cogumelo - Xanxerê | Foto: Divulgação

Banda formada em 2007, com Kassio Canan na voz, Lucas Dal Magro na bateria, Lucas Martarello na guitarra, Vinícius Lovatel nas teclas e Vinícius Rama no contra-baixo. Marujo Cogumelo traz seu som guerreiro com aquela pegada Vintage, as influências são as grandes bandas de rock and roll clássico.

Seu CDm Jardim das Américasm é tido como uma estreia com o pé direito no rock catarinense. A banda é natural de Xanxerê,  Oeste de Santa Catarina. O disco foi gravado no estúdio Click, de Curitiba. A Marujo traz o lado mais melódico do rock vintage, anos 60. OUÇA AQUI!

Jardim das Américas (cd – 2010) – BAIXE AQUI

 

Twitter da banda: @marujocogumelo

Torneiras


 

Torneiras – Itajaí | Foto: Léo Telles Motta


 

Engana-se quem pensa que para uma música ser boa ela precisa ser composta de muitos acordes e solos intermináveis. Com uma boa dose de criatividade e excelentes influências que vão do mod sessentista ao indie rock atual, a Torneiras prova que nem só de notas espirituosas vive o rock’n’roll.

Com pouco mais de dois anos de existência, o trio de Itajaí, cidade do litoral catarinense, aposta na simplicidade e na criatividade para compor suas músicas. Brechós, garotas loucas, paletós puídos, os anos 60 e a falta de bares “triafudê” são detalhes que fazem parte da vida dos três e não poderiam deixar de ser parte também de suas letras. OUÇA AQUI!

 

Outono Passado (ep – 2011) – BAIXE AQUI

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tudo É Eventual (ep – 2010) – BAIXE AQUI

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Twitter da banda: @BandaTorneiras

Uhul

Uhul - Joinville | Foto: Divulgação

Hard Core embriagado.
Nascida no Final do Ano de 2007, em Joinville, a banda Uhul surgiu dos devaneios etílicos de seus integrantes. Suas letras são baseadas na realidade do cotidiano de todo homem moderno e suas experiências diárias, mais ou menos bem sucedidas. Narrações bem humoradas começam, mas não terminam nas mesas dos bares.

Várias cachaçadas, várias risadas e uma vontade única de transmitir o estilo de vida Uhul para o maior número de pessoas possível. Essa é a mensagem da banda: “Cervejeiros de plantão. Somos loucos por cerveja e rock assim como você. Compusemos cada música pensando em um tema para nossos momentos de contato com a cachaça. Ouça nosso som, curta nossas músicas, se embebede conosco, afinal é de diversão que a vida é feita”. OUÇA AQUI!

Não Lembramos de Nada (cd- 2010) – BAIXE AQUI

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

As Loucas Aventuras dos Doidões do Pirocoptero (cd – 2008) – BAIXE AQUI

Serotonina

Serotonina - Jaraguá do Sul | Foto: Vicky Bartel

Serotonina - Jaraguá do Sul | Foto: Vicky Bartel

Serotonina começa em 2006, em Jaraguá do Sul, como um simples desejo de dois garotos: tocar rock and roll. Atrás de outros integrantes, um ficou faltando, o baterista, e como solução começaram a produzir batidas eletrônicas. Depois de algumas formações chegam a uma fixa: Ézio Cardozo (baixo e programações), Allan K. (guitarras e programações) e Eduardo H. (Voz). Gravaram dois Eps, fizeram shows por Santa Catarina, Curitiba e São Paulo, e chegaram a um hiato.

Depois de um ano parados (2010), encontram uma nova vocalista (Mari Lapolli) e recomeçam. Conseguem apoio do selo Micróbio Gravasons (de Florianópolis) e gravam um single (Kirk), e em Junho do mesmo ano lançam seu terceiro Ep, Solar Flares.
Entre as influências estão: The Subways, The Smashing Pumpkins, New Order, At the drive-in, The Cure, um pouco de IDM e EBM, e um monte de outros sons. OUÇA AQUI!

Solar Flares (ep – 2010) – BAIXE AQUI

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Twitter da banda: @serotoninarocks

Muniques

Muniques - Florianópolis | Foto: Divulgação

Um disco quase nada rock and roll dessa vez, mas vale muito a postagem.
As cinco músicas desse EP Tonight At The Disco deixam um pouco de lado as guitarras e abusam dos elementos eletrônicos em seus arranjos. Muniques é formada por Leo Irvine (voz e vocoder), Cisso (baixo, sintetizador e programações) e Marcill (bateria eletrônica e programações).

No momento a banda permanece fazendo shows e gravando mais músicas, que serão lançadas em forma de singles durante o decorrer do ano. As principais influências do grupo são Daft Punk, Calvin Harris, Hyper Crush, Justice, David Guetta, Black Eyed Peas. OUÇA AQUI!

Tonight At The Disco (ep -2010) – BAIXE AQUI